Lar de Daniel Cristóvão pode fechar por falta de verbas

Uma importante instituição do bairro, que atende quase mil famílias por mês, com atendimento especializado de habilitação e reabilitação da pessoa com necessidades especiais, pode fechar as portas por falta de condições financeiras. Para aumentar a crise, a Fundação da Infância e Juventude (FIA), ligada ao Governo do Estado, parou de repassar as verbas e suspendeu o contrato, empurrando o Lar de Daniel Cristóvão (LDC) para o precipício, e com ele, muitas famílias que dependem dos serviços gratuitos, como artes, educação  física, fisioterapia, fonoaudiologia, musicoterapia, pedagogia, psicologia, psicomotricidade, terapia ocupacional, e serviço social.

- Proporcionamos as famílias, principalmente as mais carentes, as mesmas chances de acesso aos atendimentos especializados e interdisciplinares, com a possibilita ainda, através do transporte institucional, o acesso aos usuários de cadeira de rodas e com dificuldades de transporte pessoal. – afirma a coordenadora e pedagoga Priscila Pastura.

Há 14 anos sobrevivendo da ajuda de convênios e doações, atualmente a crise do país e principalmente do Estado, levou a suspensão e o adiamento de convênios firmados, sendo necessária a redução funcionários, prejudicando significativamente a qualidade dos atendimentos.

- Ao longo desses anos o Lar de Daniel se empenha em realizar as atividades com seriedade, compromisso, amor e qualidade, porém diante do contexto atual, estamos enfrentando grandes dificuldades em manter a folha de pagamento dos funcionários e suprir despesas básicas para o funcionamento diário da entidade como: água, luz, telefonia, alimentação e manutenção. – lamenta a presidente Elena de Fátima Martins.



Algumas empresas que passaram pelo bairro já ajudaram o LDC. O Consórcio Construtor da Transolímpica (TransRio) construiu uma área de convivência e reformou a quadra poliesportiva em agosto de 2015.




Quem quiser colaborar, pode apadrinhar uma ou mais crianças, com valor mensal de R$ 50. A doação poderá ser realizada através de depósito bancário nas contas: 20353- x /Ag.: 1508-3 Banco do Brasil, C/C: 18306-7 /Ag:2379, Banco Bradesco e C/C: 10167-1/ Ag.:4550, Banco Itaú, ou também na própria instituição.

O Lar de Daniel Cristóvão fica na Rua Joaquim Ferreira nº 11, em Jardim Sulacap. Telefones 3357-9619 / 3016-6179.

FONTE SULACAP NEWS

Deixe seu comentário:

Galeria de Fotos
Veja mais fotos 
   
Lar de Daniel Cristovão
Rua Joaquim Ferreira n.11, 11 - Jardim Sulacap
Rio de Janeiro (RJ) CEP 21741-290
Telefone: (21) 3357-9619 / 3016-6179
lardedanielcristovao@ig.com.br